05 principais desafios que todo advogado iniciante precisa superar

advogado-iniciante
advogado-iniciante
Tempo de leitura: 3 Minutos

Um advogado iniciante precisa dominar diversas habilidades para administrar um escritório de advocacia com sucesso.

A verdade é que o mercado cobra muito de um empreendedor do ramo e muitas dessas habilidades, infelizmente, não são ensinadas na faculdade.

Com a atividade jurídica cada vez mais disputada e concorrida, é preciso que você se dedique muito para se destacar no mercado jurídico.

As faculdades formam bons profissionais, mas não formam bons gestores de negócios.

Assim, áreas importantes para quem quer empreender na área são deixadas de lado, como: marketing jurídico, gestão de escritório, negociação, captação de clientes e atendimento.

Empreender na área é um grande desafio para advogados iniciantes, mas existem atitudes que podem ajudar a ter mais sucesso em sua carreira.

Por este motivo, vamos listar cinco modos de enfrentar os desafios que surgem, para que seu escritório tenha resultados efetivos.

Quais são os principais desafios de um advogado iniciante?

Qualquer advogado, independente do grau de experiência, enfrenta dificuldades no momento de abrir o seu próprio escritório de advocacia.

É preciso que você saiba que é completamente normal se sentir um pouco inseguro no início, mas existem soluções eficientes que podem te ajudar no início dessa jornada e fazer com que seu escritório tenha sucesso.

No entanto, por não ter tanta experiência, um advogado iniciante pode ter mais dúvidas sobre como gerenciar seu escritório da melhor forma possível, como:

Conhecer o mercado

O primeiro grande desafio de um advogado iniciante é conhecer, com detalhes, o mercado em que pretende atuar.

O profissional precisa entender mais sobre os as particularidades do negócio, para analisar a oportunidade de crescimento do escritório.

Em uma pesquisa de mercado, você achará as respostas para as seguintes perguntas:

  • Qual é o número de profissionais que atuam em minha área?
  • Qual é o meu nicho de mercado?
  • Essa área é uma boa oportunidade de negócio?
  • Quais são meus concorrentes diretos? Como eles agem?
  • Quais serviços meu escritório pode oferecer?
  • Como vou conquistar clientes?

Estudar o mercado é essencial para que seu escritório prospere, pois à partir desses dados é possível montar um planejamento estratégico.

Para obter essas informações, você pode contratar um analista de mercado, recorrer à OAB ou ler materiais disponíveis na internet.

Determinar valores para serviços

Outro grande desafio para um advogado iniciante é decidir os valores de honorários a serem cobrados por seu escritório.

Antes de qualquer coisa, você precisa saber que a OAB oferece uma tabela, indicando o valor mínimo para honorários advocatícios. Você pode adaptar esses valores de acordo com o seu nível de experiência ou o nível de aquisição dos clientes.

Com a pesquisa de mercado, você saberá quanto seus concorrentes cobram pelos serviços. Dessa forma, é criada uma oportunidade de estabelecer honorários competitivos e conquistar mais clientes.

Porém, isso não significa abaixar o valor dos seus serviços, mas sim calcular um valor justo, que cubra as despesas e permita um percentual de lucro. Além disso, honorários muito baratos prejudicam a imagem do seu escritório.

Lembre-se: é preciso chegar a um valor competitivo, mas que ainda valorize seus serviços. Compare os valores dos concorrentes, estude o poder aquisitivo do seu nicho de mercado, tenha em mãos todos os custos e faça uma média para chegar ao valor correto.

Criar um planejamento estratégico

Trabalhar em um planejamento estratégico para seu escritório de advocacia é a melhor forma de evitar que você cometa erros que atrapalhem sua gestão ou que te traga prejuízos.

Com o planejamento, você vai poder identificar os pontos fortes e fracos do seu escritório e trabalhar para fortalecê-los cada vez mais. Assim como conseguirá enxergar oportunidades para aproveitá-las de forma assertiva.

Outro ponto interessante é que, com esse documento, você poderá estabelecer metas de curto, médio e longo prazo para seu negócio e preparar ações para alcançá-las.

Dessa forma, mesmo sendo um advogado iniciante, você estará preparado para tomar decisões conscientes e assertivas.

Conseguir clientes

Diante de um mercado cada vez mais competitivo, é difícil conquistar uma grande cartela de clientes. Se você é iniciante, esse será um dos seus maiores desafios do seu escritório.

Existem dois problemas para um profissional recém-formado que abre um escritório:

  1. As pessoas ainda não sabem quais soluções seu escritório oferece;
  2. As pessoas ainda não confiam totalmente na sua capacidade.

Isso atrapalha a captação de clientes do escritório, mas existem pequenas estratégias para te ajudar a encarar esses desafios.

Uma delas é o marketing jurídico, que mesmo com as restrições do Código de Ética ainda se torna interessante.Você ainda pode aproveitá-lo de forma estratégica para conseguir mais clientes.

Seu escritório pode, por exemplo, investir em marketing de conteúdo no site ou nas redes sociais, explicando termos e assuntos úteis para o público-alvo.

Uma tática que muitos advogados iniciantes usam é responder perguntas frequentes sobre a sua área de atuação. Com o tempo, o público vai te reconhecendo como uma referência na área e indicando seu negócio para os serviços que surgirem.

Inovar

Quando falamos em inovação, logo pensamos em tecnologia e, por isso, achamos que é impossível sair dos padrões tradicionais dos escritórios de advocacia.

No entanto, esse ponto pode ser o grande diferencial que o seu escritório oferece aos clientes.

Um gestor de escritório de advocacia possui diversas atribuições: gerenciar processos, atender clientes, cuidar da organização financeira, acompanhar processos e audiências.

O segredo dos profissionais de sucesso está justamente na otimização de tempo, por meio de ferramentas digitais.

Atualmente existem softwares jurídicos que ajudam você a organizar sua agenda, controlar finanças e otimizar processos, de forma rápida e fácil. Esse tipo de ferramenta está ficando cada vez mais inteligente para suprir as necessidades dos escritórios.

Outras formas de inovar em um escritório de advocacia são:

  • Oferecendo um atendimento humanizado para seus clientes, tornando a comunicação mais fácil;
  • Se adaptando a canais de comunicação mais acessíveis como whatsapp, redes sociais ou chats online no site;
  • Eliminar a burocracia, que está presente em tantos outros escritórios;
  • Mantendo os clientes informados sobre prazos, status dos processos, órgãos responsáveis.

Por fim, tenha certeza que há muito o que fazer e muitos processos podem ser adaptados para sua empresa entregar a melhor solução para os clientes.

Um dos benefícios de ser um advogado iniciante é que você tem a oportunidade de fazer diferente e pensar além.

Conclusão

Sabemos que não é fácil ser um empreendedor da área jurídica no Brasil, principalmente se você for um advogado iniciante. Por isso, é importante ter foco e saber onde quer chegar, para não desanimar com os obstáculos que aparecerem pelo caminho.

O sucesso depende da sua vontade de ser um bom advogado, da sua disposição de ter um escritório bem sucedido e da sua paixão em ajudar pessoas fazendo o que ama.

Enquanto gestor, não deixe de estabelecer metas, planejar todas as atividades e pensar em como vencer seus desafios que estão por vir.

E lembre-se: se você é um advogado iniciante, precisa ter paciência. O sucesso nesta área não vem fácil ou de forma rápida. O reconhecimento chega com a experiência, fruto dos erros e acertos que a sua profissão proporciona.

 

(Software Jurídico)

Juntamos experiência e inovação. Somos mais do que uma plataforma de Gestão Jurídica, somos um hub de tecnologia. Acreditamos em uma advocacia orientada a dados.

0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Preencha os campos obrigatórios para enviar o comentário. (marcados com *)