Advocacia Digital: as principais métricas que você deve medir

advocacia-digital

Atualmente, o meio jurídico, ainda está vinculado à processos tradicionais de gestão e execução de serviços. Muitos escritórios de advocacia atuam da mesma forma como atuavam há muitos anos atrás.

No entanto, o mercado e os consumidores mudaram, exigindo estruturas jurídicas cada vez mais ágeis e eficientes.

Por este motivo, é importante começar a automatizar processos do seu negócio e começar a fazer o uso do que chamamos de advocacia digital.

A advocacia digital funciona como a implementação de novas tecnologias em escritórios jurídicos ou órgãos oficiais. Seu objetivo é otimizar o tempo da gestão, permitir uma visão ampla sobre processos e atingir melhores resultados.

Um dos maiores benefícios da advocacia digital é a possibilidade de usar dados para uma tomada de decisão consciente. Dessa forma, os gestores podem acompanhar fatores chave para medir o sucesso das táticas de crescimento.

Quais métricas acompanhar em meu escritório?

Ao estabelecer uma cultura empresarial voltada para advocacia digital, o escritório deve avaliar constantemente seus resultados, para se certificar de que seus objetivos estão sendo atingidos.

Para acompanhar as métricas do negócio de forma assertiva, é importante estabelecer indicadores-chave para mensurar campos específicos.

Assim, os gestores poderão saber se a equipe está alinhada às metas e objetivos da empresa, assim como saberão o que pode ser melhorado para que o investimento em tempo e dinheiro seja mais eficiente.

Por isso, neste artigo, você saberá as métricas que não pode deixar de acompanhar para implantar a advocacia digital em seu empreendimento.

Produtividade

Os indicadores de produtividade vão determinar a eficiência que sua equipe possui para alcançar os resultados esperados por seu escritório de advocacia.

Um gestor precisa atribuir e delegar tarefas específicas aos colaboradores da equipe. Sua maior missão é organizar o fluxo trabalho de forma assertiva para gerar resultados.

Por isso, é indispensável que todas as atividades sejam registradas pela gestão. Dessa forma, tanto o gestor quanto os colaboradores não se perderão nos processos.

No entanto, antes de medir a produtividade, é importante definir as prioridades nas tarefas, organizar procedimentos e até mesmo criar as metas de performance para o time em geral.

Para acompanhar a produtividade da sua equipe, você pode medir fatores como:

  • Quantidade de atividades executadas;
  • Tempo de realização das tarefas;
  • Qualidade da execução;
  • Desempenho da equipe jurídica e dos colaboradores;
  • Alcance das metas de produtividade.

Com o passar do tempo, o gestor pode até procurar formas de engajar e motivar seu time jurídico, por meio de um bônus, por exemplo, para aqueles que cumprirem as metas.

Clientes

Se você é um empreendedor no meio jurídico, saiba que o acompanhamento dos clientes é item de extrema importância para a advocacia digital do seu escritório.

Para conseguir fazer um bom acompanhamento, todos os seus clientes precisam estar cadastrados em seu sistema jurídico. Além disso, todas as movimentações como entrada ou saída de clientes devem ser registradas.

São os clientes que vão definir a quantidade de receita do seu escritório. Por este motivo, é preciso que sua equipe de atendimento possua um banco de dados atualizado sobre eles.

Esse tipo de supervisão permite que seu escritório de advocacia saiba oferecer a atenção necessária à determinados clientes.

As métricas mais importantes para prestar atenção nesse campo são:

  • Quantidade de clientes que entrantes;
  • Total de clientes com processos encerrados ou contratos cancelados;
  • Tempo de atendimento das solicitações;
  • Nível de satisfação dos clientes.

É importante que seu negócio ofereça a melhor experiência para seus clientes por dois motivos: a parceria pode ser breve, devido a uma solicitação específica ou o contato pode ser longo, se o processo for complexo.

De qualquer forma, encantar clientes é a melhor forma de esperar que eles indiquem seus serviços para mais pessoas.

Dados financeiros

Não adianta fazer um ótimo trabalho jurídico se você não organizar os aspectos financeiros do seu escritório.

Um gestor precisa sempre pensar em como utilizar as receitas de forma adequada para fazer excelentes investimentos e ver seu escritório crescer.

No âmbito financeiro, você pode analisar itens como:

  • Valor de lucratividade do escritório;
  • Porcentagem da margem de lucro;
  • Índice de inadimplência dos clientes;
  • Receitas e saídas mensais;
  • Valor investido em cada setor do escritório.

A ideia de controlar os gastos com despesas é reduzi-los sempre que for possível e aumentar as receitas por meio da produtividade da sua equipe. O ideal é que você faça um planejamento financeiro empresarial para medir os resultados de forma eficiente.

Marketing Jurídico

Outro indicador importante para ser acompanhado em seu escritório é o de marketing. Você deve saber que um marketing jurídico feito de forma assertiva, tem o potencial de atrair muitos clientes para seu negócio.

É muito importante que você verifique se o investimento em marketing está realmente dando resultado.

Mesmo que você não invista em anúncios, lembre-se que você mantém uma equipe de profissionais que produz conteúdo e faz atendimento pelas redes sociais. Seus salários e suas ferramentas de trabalho devem ser considerados como investimento no setor.

Por esse motivo, é importante verificar o retorno do investimento. Você pode acompanhar indicadores como:

  • Valores investidos em marketing;
  • Alcance do escritório nas mídias sociais;
  • Quantidade de clientes atraídos pelos canais de marketing.

É importante sempre ficar alerta para ver se a sua estratégia de marketing jurídico está trazendo resultados efetivos para seu escritório de advocacia, caso contrário, é importante rever o plano de marketing.

Como avaliar os resultados dos indicadores?

Os indicadores-chave só se tornarão eficientes se o seu negócio tiver objetivos claros sobre onde quer chegar.

Sem um direcionamento para resultados, a equipe do seu escritório de advocacia terá dificuldades para compreender o foco do seu negócio.

Mesmo que existam diversas métricas, use somente aquelas que são úteis, pois o excesso de dados pode reduzir a precisão da sua análise ou tirar o seu foco do que é importante.

Na advocacia digital não adianta ter dados e não saber analisá-los. Acompanhe os indicadores de desempenho e para chegar a resultados, se pergunte:

  • O que levou à esse resultado?
  • Como meus processos funcionaram até aqui?
  • O que eu posso fazer diferente para melhorá-los?

Com estas respostas, você poderá tomar decisões mais assertivas e saber o que funciona ou não em seu empreendimento.

Implantando uma advocacia digital

Indicadores de desempenho são apenas alguns instrumentos para implantar a advocacia digital em sua empresa.

Você também pode fazer uso de tecnologia para advogados e tornar seu escritório cada vez mais eficiente. Hoje em dia, existem diversos softwares jurídicos que tornam sua empresa mais ágil.

Sabemos que todo gestor precisa fazer o uso dos dados de forma inteligente, para implantar melhorias e corrigir itens que prejudicam a lucratividade do seu escritório de advocacia.

Se você souber usá-los corretamente, eles podem ser grandes aliados na implantação da advocacia digital para a gestão do seu escritório.

Quer saber como implantar a advocacia digital e processos automatizados em seu negócio? Confira esse infográfico sobre como ser um advogado moderno!

(Software Jurídico)

Juntamos experiência e inovação. Somos mais do que uma plataforma de Gestão Jurídica, somos um hub de tecnologia. Acreditamos em uma advocacia orientada a dados.

0 I like it
0 I don't like it

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

6 + quatro =