5 dicas para fidelizar clientes na advocacia (a 2ª é a melhor!)

fidelizar-clientes-na-advocacia

Empreendedores jurídicos possuem um grande desafio no mercado: fidelizar clientes na advocacia. O acesso à informação tornou o consumidor mais exigente, o que demanda mais esforço dos escritórios em satisfazer suas necessidades. Nesse cenário, como é possível vencer esse desafio?

Atualmente a quantidade de escritórios de advocacia abertos é tão grande que qualquer detalhe pode ser a diferença entre seu cliente fechar negócio com você ou com seu concorrente. Os números do Direito no Brasil são bem impactantes, de acordo com o quantitativo atualizado da OAB, são mais de 1 milhão de advogados regulares e recadastrados. 

É preciso ter em mente que apenas realizar uma boa assessoria jurídica não basta para o cliente. É fundamental proporcionar uma boa experiência!

Não é novidade para empreendedores que, para atingir o ponto de sustentabilidade de um negócio, é essencial ter clientes fidelizados. Assim acontece na advocacia: manter um cliente com pagamento recorrente é mais barato que conquistar um novo.

Escritórios que só dão atenção ao cliente no momento da prospecção e esquecem de investir em um relacionamento com o consumidor terão dificuldades de manter sua carteira de clientes ativa por muito tempo.

Muito além do aspecto comercial, construir uma boa relação pode gerar indicações, uma ação que possui grande peso na tomada de decisão de novos consumidores e que contribui para o crescimento da autoridade do escritório.

Por isso, é importante que escritórios de advocacia foquem não apenas em atrair, mas também fidelizar clientes. Neste artigo, você conhecerá cinco dicas práticas que seu escritório pode adotar para fidelizar clientes na advocacia.

Comece agora a fidelizar clientes na advocacia

Mesmo que você aposte em estratégias para fidelizar clientes na advocacia, saiba que nenhuma delas funcionará se você não conhecer bem o seu público ou não oferecer um bom serviço.

Portanto, o conhecimento do público e a prestação de um serviço de qualidade são dois itens essenciais para se destacar no mercado. Sem eles, seu escritório não chegará a lugar algum.

Você pode usar pesquisas de mercado ou conversas com possíveis clientes para conhecer mais sobre seu público-alvo. Procure enxergar suas dores, entender como sua empresa pode agregar valor em suas vidas para, então, entregar exatamente o que precisam.

Mas lembre-se: também é preciso se especializar na área de atuação para entregar bons resultados para os clientes, pois, no fim, seu resultado é o que conta.

Faça o possível para unir rapidez e eficiência desde o primeiro contato. Assim, você pode seguir as próximas cinco dicas deste artigo e começar a definir o sucesso do seu escritório de advocacia!

1. Eduque o cliente desde a prospecção

Seu escritório de advocacia educa o cliente? Ou seja, oferece detalhes importantes sobre os serviços para satisfazer as necessidades de informação do consumidor?

Vale lembrar que antes de contratar seus serviços, o cliente quer saber em que área seu escritório atua, quanto cobra, se você já atendeu algum caso parecido com o dele e quais são os diferenciais do seu negócio.

A criação de um posicionamento de marca, então, é a tática que define a forma como seus clientes vão enxergar os serviços que seu escritório oferece. Ela é considerada umas das melhores formas de educar clientes.

Um posicionamento deste tipo comunica os valores e a missão do empreendimento jurídico, assim como aponta, de forma transparente, o modo de agir do negócio. Ou seja, funciona como um alinhamento de expectativas com o consumidor.

O espaço ideal para disponibilizar as informações do escritório é em um site institucional, no qual seja possível dedicar uma página para explicar sobre os serviços e procedimentos de contratação detalhadamente.

Apostar em um planejamento de marketing jurídico também é uma ótima opção para atrair e fidelizar clientes na advocacia. Sua equipe pode criar conteúdos específicos que tirem dúvidas dos clientes, divulgar cases de sucesso e, com isso, aumentar a autoridade do negócio.

Só tome cuidado com as estratégias de marketing utilizadas, para que seu escritório não acabe ferindo o Código de Ética da OAB, norma que aponta que a publicidade jurídica deve ser realizada de forma moderada.

2. Construa um relacionamento com os clientes

A criação de relacionamento com os clientes é, sem dúvidas, a melhor forma de fidelizar clientes na advocacia. E, por isso, um relacionamento de confiança precisa ser construído de forma gradativa e saudável com o consumidor.

Quando contratamos um serviço gostamos de nos sentir únicos e importantes para a empresa contratada. Por isso, ter empatia é essencial para se colocar no lugar do cliente e oferecer a atenção que ele merece.

Lembre-se que construir um relacionamento com um cliente significa ser transparente, oferecer informações em todo o andamento do processo e dar feedbacks proativos sobre os status de suas ações.

Outra atitude importante para construir um relacionamento saudável é oferecer múltiplos canais de comunicação, dando a oportunidade dos clientes se comunicarem pelo canal que acharem mais interessante.

Principalmente, se você puder evitar um encontro presencial, oferecendo alternativas como, por exemplo, videochamadas. Você não imagina o quanto um cliente valoriza o fato de não precisar se deslocar para resolver questões burocráticas.

Se as expectativas tiverem sido alinhadas no momento da prospecção, tudo fica mais fácil, pois o cliente se lembrará das informações repassadas e ficará tranquilo.

3. Cumpra prazos

Uma prática recorrente em escritórios de advocacia tradicionais era a de não se preocupar com prazos processuais. Antigamente, consumidores aceitavam este tipo de comportamento porque não tinham acesso à informação ou porque existiam poucas opções no mercado.

Hoje em dia, a realidade é outra: o cliente pode acompanhar um processo pela internet de diversas formas e, mesmo que não tenha tempo para fazer o controle, ele ainda pode fechar contrato com seu concorrente.

Com tantos processos para acompanhar, perder prazos e lidar com clientes insatisfeitos pode ser comum no seu dia a dia.

Por isso, é realmente seguro e eficiente acompanhar processos um por um dos portais dos tribunais? E mais: onde você guarda as informações e atualizações, caso o cliente te peça imediatamente?

Em um software jurídico é possível realizar o cadastro do processo e dar as tratativas necessárias. Você não vai precisar que um colaborador faça o acompanhamento processual, copiando e colando os andamentos dos sites dos tribunais, e muito menos fazer por conta própria.

E o melhor: não há mais necessidade em deixar as informações em pastas físicas ou salvas no computador, em um sistema de gestão, todos os dados estão dispostos em um lugar só. Controlar prazos nunca foi tão fácil!

Por isso, não deixe de cumprir prazos e escolher a tecnologia certa para ajudar na sua rotina! Mas, além disso, não deixe de mostrar aos clientes que seus processos estão evoluindo.

Tente antecipar prazos, trabalhando sempre de forma preventiva e proativa, pois um erro pode fazer você perder um cliente importante. Ou, o que é muito pior, deixar seu escritório com uma fama ruim no mercado.

Olhe pelo lado de que, se seu escritório trabalha ativamente, o andamento processual terá uma duração menor, mostrando ao seu cliente que ele escolheu a melhor opção para lidar com seus problemas.

Lembre-se disso sempre, mesmo quando seu fluxo de trabalho aumentar. É fundamental otimizar a rotina da sua equipe, utilizar ferramentas que auxiliem no dia a dia dos advogados ou, se for o caso, até contratar mais colaboradores.

Há muito tempo o cumprimento de prazos deixou de ser visto como um diferencial para escritórios de advocacia. É uma obrigação manter suas atividades em dia!

4. Ofereça um atendimento de excelência

Se a construção de um relacionamento é o ponto crucial para a fidelização de um cliente, o atendimento ao cliente na advocacia é a base de toda a construção deste relacionamento.

Certifique-se que em todos os contatos com o cliente, seu escritório ofereça a melhor experiência para o consumidor. Desde o momento da prospecção até o fechamento do processo, foque o atendimento no cliente.

Confira as dicas para realizar um atendimento de qualidade em seu escritório:

  • Mostre que você está preocupado em entender as necessidades do consumidor;
  • Ofereça diversos canais de comunicação para seu cliente solicitar atendimento, quando necessário;
  • Cumpra os prazos de respostas, quando as dúvidas envolverem informações complexas;
  • Preste atenção nos mínimos detalhes e pense em uma forma de entregar valor adicional para seus clientes.

Após basear o atendimento da sua equipe nestes pilares, você pode adotar a realização de pesquisas de satisfação como uma forma de medir resultados do atendimento do escritório.

A pesquisa pode ser enviada por formulários no e-mail ou WhatsApp. As sugestões e críticas dos clientes servem como uma base para melhorar o atendimento e conquistar mais indicações.

5. Use a tecnologia como uma aliada

Mas como conciliar todos esses processos e oferecer uma experiência única aos consumidores?

Essa é uma pergunta recorrente de empreendedores jurídicos e, realmente, fidelizar clientes na advocacia não é uma atividade fácil, mas é completamente possível com a otimização de processos por meio de tecnologia para advogados.

Embora existam diversas ferramentas digitais, que atendam necessidades específicas dos escritórios de advocacia, como o gerenciador de tarefas para arquivos e documentos, é preciso lembrar que as ferramentas não são integradas entre si.

Isso pode atrapalhar a equipe quando for necessária uma visão do todo, principalmente porque as ferramentas não são exclusivas para o mercado jurídico. Assim, quando suas demandas crescerem, você terá dificuldades para organizar a sua rotina, o que vai impactar no resultado do seu empreendimento.

Dessa forma, muitos escritórios de advocacia estão recorrendo à softwares jurídicos, sistemas que auxiliam na gestão do escritório e no controle do atendimento, de ponta a ponta.

É uma ótima oportunidade para deixar ferramentas tradicionais de lado, como, por exemplo, as planilhas de Excel, e buscar formas mais inteligentes de gerir o atendimento do escritório.

No momento de escolher o melhor software jurídico para seu negócio, verifique como o sistema pode ajudar na criação de um relacionamento com o cliente, assim como ele vai facilitar o atendimento da sua equipe.

Se você procura uma solução que faça seu tempo render mais e ainda auxilia em todos os pontos de contato com o consumidor, um sistema automatizado pode ser o seu maior aliado no objetivo de fidelizar clientes na advocacia.

E então? Pronto para fidelizar clientes e contar com a tecnologia para isso? Aproveite e teste o Data Lawyer gratuitamente, comprove como um sistema de gestão pode ser decisivo para um ótimo relacionamento com o seu cliente!

(Software Jurídico)

Juntamos experiência e inovação. Somos mais do que uma plataforma de Gestão Jurídica, somos um hub de tecnologia. Acreditamos em uma advocacia orientada a dados.

0 I like it
0 I don't like it

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

19 − 1 =