Para onde caminha advocacia 4.0? + webinar gratuito

guia-advocacia-4-0
Tempo de leitura: 3 Minutos

O termo Advocacia 4.0 está diretamente ligado à transformação digital e as mudanças pelas quais a área jurídica está passando neste momento.

Os processos e as instâncias do âmbito jurídico têm passado cada vez mais por procedimentos de digitalização e modernização.

Mas será que os escritórios de advocacia estão preparados para essas mudanças? O que podemos esperar da advocacia 4.0?

Essas são perguntas que deixam qualquer profissional da área inquieto. Direito e tecnologia não são mais termos desvinculados como eram há alguns anos, mas é possível se preparar para o novo momento se você estiver disposto a mudar processos antigos de gestão.

Neste artigo você saberá para onde caminha a advocacia 4.0 e como é possível se adaptar aos novos processos para se destacar no mercado jurídico. Confira!

O que é advocacia 4.0?

A advocacia 4.0 representa a transformação da prática jurídica por meio do uso e adoção de soluções inovadoras, que apoiam as atividades do seu escritório de advocacia.

Essa mudança não diz respeito apenas sobre a adoção de ferramentas tecnológicas para a realização do acompanhamento jurídico, mas sim da adaptação de todo fluxo de trabalho à essas ferramentas inteligentes.

Um exemplo disso na atualidade é a forma como um advogado faz a reunião com um cliente e não é mais obrigatoriamente necessário ir até o escritório para um encontro presencial.

A reunião pode ser feita virtualmente, por meio de ferramentas de videochamada e que não atrapalhem em nada na discussão entre advogado e cliente. A ação visa trazer mais mobilidade e economia de tempo e recursos para o consumidor.

O que podemos esperar da advocacia 4.0?

Até pouco tempo era comum que a rotina de um escritório de advocacia fosse cheia de atividades burocráticas e trabalhosas, o que impedia o escritório de ser produtivo e entregar o melhor serviços para os clientes.

Essa realidade mudou para melhor nos últimos tempos. Hoje, já é possível contar com soluções responsáveis por automatizar processos e facilitar o trabalho dos profissionais.

As vantagens de se obter bons resultados por meio dessas ferramentas são tantas, que profissionais que não se adaptam à essa nova realidade se tornam obsoletos.

Não tem como fugir: é preciso se familiarizar com os novos recursos, para poder usá-los assertivamente. Um advogado precisa desenvolver formas de melhorar sua habilidade com uso da tecnologia, além de estar atualizado sobre as mudanças que ocorrem no setor.

Confira quatro pontos principais em que a sua habilidade pode ser melhorada para que seu escritório acompanhe a era da advocacia 4.0:

Saiba tirar proveito da união entre pessoas e tecnologia

Você acredita que usar uma ferramenta digital vai resolver todos os problemas do seu escritório?

Na advocacia 4.0, a adoção de tecnologia em seu escritório pode representar um grande diferencial para seu negócio, pois existem sistemas criados especificamente para aumentar a performance da sua equipe e melhorar todo o seu processo operacional.

Mas saiba que, ainda assim, é preciso investir em capital humano para funcionar de forma estratégica. O avanço acontece pela adoção da solução, juntamente em como ela é usada.

Lembre-se de treinar sua equipe e empoderar colaboradores para que possam tirar proveito dos benefícios que as ferramentas tecnológicas oferecem.

Os empreendimentos jurídicos que não conseguirem fazer a junção entre pessoas e tecnologia na rotina do escritório, certamente terão problemas que resultarão em grande desvantagem competitiva no mercado.

Certifique-se de escolher pessoas altamente capacitadas para o uso estratégico dos sistemas de gerenciamento de processos.

A tecnologia deve ser usada para eliminar burocracias e otimizar o tempo. As pessoas entram como parte da atuação mais estratégica!

Tenha um olhar analíticos dos processos

Para ser um bom advogado no mercado, é essencial que o profissional saiba interpretar fatos e dados.

Na advocacia 4.0, a visão analítica é levada à um novo nível: o profissional precisará saber se relacionar com dados e estatísticas, além de uma visão holística para conseguir relacionar e cruzar informações.

Mas como coletar dados? Atualmente existem softwares jurídicos que trazem uma série de informações, que vão desde o primeiro atendimento até o encerramento do processo com o advogado.

As informações disponibilizadas pelo sistema ajudam o advogado a tomar decisões estratégicas, além de conferir o resultado de seus esforços, garantindo maior agilidade em casos complexos.

Não se trata de se tornar um profissional da área de exatas, com conhecimentos diretamente ligados à ciências de dados, mas sim em acompanhar métricas específicas de forma assertiva.

Um advogado com familiaridade com números e dados facilmente vai se destacar na era da advocacia 4.0, antecipando problemas e repassando a melhor ação para o cliente.

É preciso adotar um novo modelo de gestão

Já sabemos que os modelos de gestão antigos não cabem na era da advocacia 4.0, tendo em vista que agora existe a necessidade de atividades ágeis, simples e sem muitas burocracias.

Diante deste cenário, novos métodos de gestão têm surgido para facilitar o dia a dia dos empreendedores e colaboradores de um escritório.

Nesse novo modelo, os escritórios têm apostado cada vez mais em equipes e profissionais multidisciplinares e autossuficientes para resolver problemas além das suas funções.

O advogado tem a capacidade de organizar sua própria agenda, entrar em contato com seus clientes e colher dados de forma rápida sem precisar necessariamente de outros profissionais.

E escritórios de advocacia têm optado por esse tipo de profissional: o que consegue entregar valor além do conhecimento jurídico.

O cliente deve ser o foco de toda a prestação de serviço

O princípio #1 de um escritório na era da advocacia 4.0 é colocar o cliente como o centro de todas as ações do empreendimento. Para isso, será necessário adaptar todo o atendimento às necessidade do novo perfil do consumidor.

As relações entre escritório de advocacia e consumidor final precisarão ser mais modernas, com uma proposta de valor cada vez mais clara.

O comportamento do consumidor mudou muito nos últimos anos, e fidelizar clientes na advocacia se tornou um dos principais desafios dos empreendedores jurídicos.

Se o seu consumidor passa a maior parte do dia conectado à um smartphone, você pode pensar em modos de atingi-lo por este canal, nas redes sociais ou no próprio site do escritório.

Escritórios que oferecem poucos canais de atendimento e ainda se apoiam em métodos tradicionais de captação de clientes tendem a ficar para trás e cada vez mais serão esquecidos no mercado.

O consumidor quer agilidade, facilidade e informação. Certifique-se de satisfazer suas necessidades.

Seu escritório preparado para a advocacia 4.0?

Para se preparar para a advocacia 4.0, não basta apenas estar conectado ou só utilizar ferramentas tecnológicas. Como comentamos anteriormente, é um erro acreditar que só a tecnologia basta.

O importante é saber equilibrar a adoção de tecnologia, a capacitação de pessoas, o olhar estratégico e o foco no cliente.

Quando falamos em ferramentas tecnológicas, é importante pensar em ferramentas estratégicas para seu negócio, como o uso de um software jurídico, solução responsável por trazer a transformação digital para escritórios.

Um software para advogados automatiza todas as tarefas burocráticas do fluxo de trabalho de um advogado, o que permite priorizar tarefas complexas e urgentes, otimizando o tempo da sua equipe.

Esse tipo de sistema também ajuda a reduzir a perda de prazos, devido ao acompanhamento dos processos e gerenciamento de atividades, tendo em vista que a perda de um prazo pode gerar grandes prejuízos para um empreendimento jurídico.

Outra vantagem de um software jurídico é a integração de dados entre diferentes áreas de um escritório. Assim, por exemplo, quando um advogado fecha um contrato, os honorários advocatícios serão registrados no sistema e automaticamente atribuídos ao sistema financeiro para o controle de finanças do escritório.

Devido ao fácil acesso das informações de um cliente no sistema, a ferramenta também apoia na construção do relacionamento com os clientes, pois oferece agilidade no atendimento, permitindo que os colaboradores sejam proativos, objetivos e transparentes.

Fica claro que esse tipo de sistema pode ser um grande aliado na preparação do seu escritório para advocacia 4.0. Seu escritório está preparado para a mudança? Não deixe de conferir nosso webinar gratuito abaixo!

(Software Jurídico)

Juntamos experiência e inovação. Somos mais do que uma plataforma de Gestão Jurídica, somos um hub de tecnologia. Acreditamos em uma advocacia orientada a dados.

0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Preencha os campos obrigatórios para enviar o comentário. (marcados com *)