O que é Lawtech? Adotar uma é inovação para o mercado jurídico?

adotar-lawtech

Apesar do nome chamativo, inovador e muito discutido na atualidade, muitos não sabem o que é Lawtech, o que traz de benefícios para o advogado e para os seus clientes.

A Lawtech tem o potencial de revolucionar a maneira como os advogados trabalham, oferecendo o melhor em tecnologia jurídica e análise de dados.

Por isso, preparamos um compilado de benefícios, com um bônus sobre saber a hora certa de investir em uma Lawtech neste blog post.

Você é um advogado moderno que está sempre atento às inovações e a chamada “advocacia 4.0”? Então esse artigo é para você!

O que é Lawtech? Estamos falando mesmo de inovação?

Abreviação de Legal Technologylaw (advocacia) e technology (tecnologia), o termo lawtech é usado para nomear startups que criam produtos tecnológicos e inovadores com foco na melhora do mercado jurídico.

Desenvolvendo soluções para facilitar a rotina dos advogados, as lawtechs otimizam a forma como os advogados lidam com gestão, financeiro, pessoas, clientes e muito mais!

Um exemplo na prática são softwares que fazem a gestão de escritório de advocacia baseado em automação e dados, promovendo um aumento na produtividade do advogado e uma gestão mais próxima dos seus colaboradores, de forma remota e online. 

Já entendemos o que é Lawtechs e como eles representam uma evolução na advocacia, com as startups em alta no mercado. Então é hora de conhecer e entender como as soluções criadas por essas empresas realmente beneficiam o seu cotidiano. Vamos lá?

Quais benefícios uma Lawtech traz para o advogado?

Os escritórios de advocacia tradicionais enfrentam uma grande mudança: o avanço da tecnologia, a agilidade nos processos e a redução de custos operacionais.

Mas, na prática, quais benefícios, realmente, a adoção de uma Lawtech para o escritório de advocacia pode oferecer?

Automação na gestão de escritórios

A área jurídica é uma das que mais crescem no decorrer dos anos. São inúmeras responsabilidades: gestão de processos, equipe, clientes, financeiro e outras inúmeras atividades.

Sendo assim, se o escritório não contar com um sistema automatizado, fazer essa gestão de forma escalável e com inúmeros ganhos, se torna cada vez mais difícil. Com a adoção de uma Lawtech os benefícios são muitos e vão desde produtividade até o aumento no faturamento do escritório.

Automação na gestão de documentos

O tempo gasto com a criação e o preenchimento de documentos nos escritórios de advocacia consomem muitas horas semanais, não é mesmo?

Muitos ainda utilizam, por exemplo, planilhas para guardar esses dados. Porém, o uso de planilhas para criar e preencher os documentos podem ser uma verdadeira armadilha para quem deseja planejamento e organização.

Uma Lawtech também ajuda nesse quesito! O maior benefício que você pode ter com esse tipo de solução é a economia de tempo ao preencher, criar e acompanhar todos os documentos referentes aos processos e clientes.

Dessa maneira, o profissional, e o escritório como um todo, podem se dedicar mais integralmente às outras questões fundamentais em um escritório.

Jurimetria: extração e monitoramento de dados

A partir da análise e coleta de dados jurídicos é possível tomar decisões mais confiáveis e assertivas, contribuindo para o entendimento de como os casos são julgados. A extração e monitoramento de dados é uma das possibilidades que muitas Lawtechs jurídicas oferecem no mercado.

Para que isso aconteça, utiliza-se do melhor em inteligência artificial e Big Data. É programada uma “varredura” das sentenças e acórdãos proferidos de determinados processos e áreas delimitadas, leem o conteúdo e calculam a probabilidade de êxito com base no histórico.

Algumas plataformas conseguem, por exemplo, medir a porcentagem de êxito de um processo baseado em jurisprudência. E por mais incrível que seja, essa já é uma realidade!

Gerenciamento à distância

Uma Lawtech, por ser um software totalmente online e em cloud (nuvem), o ganho em eficiência e o aumento da produtividade são realidades.

Por transformar o meio jurídico e a forma como gestores de escritórios de advocacia mantém a clareza na comunicação, são eficientes quando o assunto é resolução à distância de conflitos e atividades internas.

O que isso quer dizer? É simples! Através da mobilidade é possível ter controle do escritório à distância.

Com módulos unificados, visualização de todas as atividades dos colaboradores, bem como tudo aquilo que entra e sai do escritório, a gestão acontece de onde você estiver.

Segurança, compliance e conformidade com a LGPD

Com a adoção de uma Lawtech todos os seus dados ficam guardados em nuvem, certo? Sim! E para isso, muita segurança deve ser oferecida.

A Lei Geral de Proteção de Dados, Lei Federal nº. 13.709/2018, é o marco regulamentador da proteção e transferência de dados pessoas no Brasil. Ela prevê que os dados protegidos são aqueles identificados como pessoais, não apenas números de CPF ou RG, mas sim, todos aqueles que identificam informações pessoais de um indivíduo.

A LGPD tem total relação com o compliance, já que ele representa as ações colocadas em prática por empresas para garantir relações éticas e transparentes com outras empresas e o Poder Público.

Diante do surgimento dessa nova legislação que afeta o tratamento de dados, a política de compliance precisa se adaptar juntamente com os parâmetros definidos na Lei Geral de Proteção de Dados.

Com novas atualizações, a sua empresa não pode e não deve entregar dados de clientes, colaboradores e financeiros para empresas que oferecem sistemas, mas não estão em conformidade com as novas leis. Fique atento quanto a isso!

Então, como saber se é a hora de adotar uma Lawtech?

A junção da necessidade do mercado com o avanço da capacidade computacional proporciona um aumento de empresas Lawtechs.

Mas como saber se é a hora certa para investir? Do ponto de vista da iniciativa privada, escritórios que buscam reduzir custos e aumentar seu faturamento, precisam investir em tecnologia!

Na prática, o uso de ferramentas de Big Data proporcionam dados para prospecção de mercado, análise de concorrentes e mediação on-line. Significando uma redução de custos para os clientes e, consequentemente, gerando indicações e fidelização do mesmo.

Dito isso, separamos as principais etapas ao se escolher uma Lawtechs:

Defina o seu principal problema

Mapeie todo o seu fluxo de trabalho e defina as suas prioridades, a pequeno e longo prazo. Assim, você encontrará brechas na sua gestão que precisam ser melhoradas. No momento de pesquisa, será importante ressaltar questões como essa, para confirmar como o sistema te ajudará.

Obs.: Nessa etapa, técnicas como Design Thinking podem ajudar.

Foque no cliente

Agora é hora de focar no seu cliente. o fluxo de um escritório tem que se adaptar para sempre proporcionar uma melhor experiência para o cliente, mesmo que ainda esteja na prospecção.

Defina uma ação para melhorar a experiência do cliente, como por exemplo: “Como impactar de forma positiva e deixar uma boa impressão para adquirir mais clientes?”

Faça pesquisas e testes

Após a definição do problema a ser resolvido, com foco total no cliente é hora de ir para o mercado de Lawtechs e pesquisar a melhor opção para você.

Testar é sempre a melhor opção, dessa maneira você consegue entender como a ferramenta funciona, quais funcionalidades podem melhorar a sua gestão e se ela te atende bem!

Bônus: exemplo na prática de um escritório de advocacia

Mapeando o fluxo de trabalho, é perceptível que o maior problema era focado em conseguir boas práticas para prospecção de clientes. Assim, pesquisa-se plataformas de Big Data que possibilitam uma visão do contencioso de algumas empresas.

Assim é possível gerar excelentes análises de BI e, posteriormente, marcar uma reunião com esses possíveis clientes. Já nessa reunião, apresente o BI contencioso gerado pela ferramenta de Big Data, encantando o cliente e o captando, resolvendo o problema maior.

A partir de então, outras ferramentas e estudos serão necessárias para continuar o encantando.

Resumidamente, Lawtechs já existem há muitas décadas no mercado. a aderência de escritórios e órgãos públicos vão ditar o ritmo de crescimento do mercado de tecnologia no direito, quanto mais pessoas entenderem os benefícios, mais aperfeiçoamento e inovações serão perceptíveis.

Agora que você sabe o que é Lawtech, quais benefícios ela pode te oferecer, como saber a hora certa de investir e as principais etapas para escolher uma, você está pronto para o melhor da inovação!

(Software Jurídico)

Juntamos experiência e inovação. Somos mais do que uma plataforma de Gestão Jurídica, somos um hub de tecnologia. Acreditamos em uma advocacia orientada a dados.

0 I like it
0 I don't like it

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

três × 5 =