Manual do jovem advogado: guia para alavancar sua carreira

manual-do-jovem-advogado

Se você, jovem advogado, quer começar uma carreira sólida e conquistar espaço na área jurídica, saiba que é preciso de muita dedicação e persistência. Muitos procuram por um “manual do jovem advogado” onde possam dar os primeiros passos.

Após ter concluído a graduação e ter sido aprovado no exame da OAB, chegou o momento de dar início a sua trajetória profissional que, assim como qualquer outra, será marcada por grandes desafios.

Para trilhar um caminho de sucesso na área jurídica, não existe uma fórmula mágica ou um atalho que possa acelerar seu crescimento.

A melhor forma de se destacar no mercado é se dar o seu melhor, definir um planejamento de carreira e, claro, procurar sair sempre da sua zona de conforto.

O primeiro passo no manual do jovem advogado é ter uma noção clara dos seus objetivos, enquanto profissional ou empreendedor, para encaminhar sua carreira de acordo com os seus valores e propósitos.

O que é o manual do jovem advogado?

Sabemos que a faculdade de Direito é um ambiente importante para formar nossos conhecimentos jurídicos, nosso pensamento ético e nossa visão de mundo.

Mas infelizmente, ela ainda não está preparada para ensinar aos estudantes a como se planejar para uma carreira de sucesso ou a como empreender no ramo jurídico.

Por esse motivo, criamos o manual do jovem advogado, que vai te ajudar a direcionar suas metas e objetivos nessa nova fase da sua vida.

Depois da graduação, alguns advogados vão manifestar seu desejo de empreender, enquanto outros vão preferir trabalhar em grandes escritórios. Saiba que não existe caminhos certos ou errados. É importante tomar a decisão que te deixe realizado.

Por este motivo, este manual será dividido em duas partes: a primeira, focada no desenvolvimento profissional e, a segunda, focada no empreendedorismo.

Esperamos que seja útil para você! Preparado?

Como fazer uma gestão de carreira jurídica?

Dentro do Direito existem diversas possibilidades e áreas que podem ser escolhidas para a construção de uma carreira. Para isso, é importante saber onde você quer chegar profissionalmente, não é mesmo?

Caso você não defina suas prioridades, pode acabar se desviando no meio do caminho ou, até mesmo, pode tomar decisões que não te ajudem a crescer no mercado.

Por este motivo, montamos passo a passo, esse guia de como fazer a gestão da sua carreira jurídica.

Escolha da área de atuação

Uma das principais recomendações para um advogado iniciante é fazer a escolha da área de atuação, com cuidado.

Neste caso, é importante voltar no tempo da graduação e responder essas perguntas:

  • Quais atividades acadêmicas chamaram mais a minha atenção?
  • Quais matérias eu mais gostei de estudar?
  • Em qual segmento do Direito eu tenho mais facilidade?

Ao responder as questões, será mais fácil saber suas áreas de atuação preferidas.

Após defini-las, pesquise os cargos disponíveis para essas áreas, assim como as atividades da função, os salários e os planos de carreira para os profissionais da área.

As informações encontradas são suficientes para te fazer tomar uma decisão? Você se imagina seguindo esse caminho para o resto da vida?

Se a resposta para as duas últimas perguntas for “não”, saiba que a cada dia que passa, o Direito está se tornando cada vez mais especializado. Então não desanime. Repita todo o processo com outro ramo jurídico.

Mas se a sua resposta para as perguntas foi “sim”. Parabéns! Você descobriu a sua área de atuação. Agora é hora se especializar e aprofundar cada vez mais os seus conhecimentos.

Especialização

A especialização é a prática mais comum para que advogados se mantenham atualizados sobre uma área específica e tudo o que a envolve, como alterações de leis, mudanças de interpretação de legislações, estudos de caso e etc.

Nessa fase, você vai adquirir conhecimentos que ultrapassam o nível da faculdade, pois temas que são abordados de forma superficial na graduação, serão aprofundados de acordo com a escolha do seu segmento.

Mas como escolher que tipo de especialização fazer?

Atualmente, existem diversos cursos de pós-graduação, MBAs e cursos de extensão que são voltados para os mais diversos assuntos.

Para escolher o melhor tipo de especialização, você deve levar em conta:

  • O ramo jurídico em que quer se especializar, já que as faculdades não oferecem cursos de pós-graduação para todas as áreas;
  • A modalidade da sua especialização, que vai depender do seu tempo ou da distância da instituição de ensino. Você quer uma especialização online, presencial ou semipresencial?
  • O nível de qualidade da instituição: pergunte para ex-alunos como foi estudar nela, verifique a grade curricular, veja quais materiais ela oferece e claro, verifique o método de ensino.

Leve todos esses aspectos em consideração antes de escolher um curso. Assim, é possível evitar futuras decepções ou perda de tempo e dinheiro.

Networking

Ter uma rede de contatos profissional também é muito importante para crescer no mercado, pois se você possui um bom networking, as chances de ser indicado para uma vaga ou para um cargo de confiança é maior.

Para criar uma boa rede de contatos, é recomendado que você participe de eventos e palestras na área. Também é indicado que participe de grupos profissionais nas redes sociais, além de manter contato com professores e colegas da faculdade.

Se mantenha atualizado

Além de cursos, eventos e da educação formal, você deve sempre se manter informado sobre as novidades políticas e jurídicas, para avaliar como elas impactam no seu trabalho.

Não deixe de acompanhar influenciadores, juristas e especialistas conhecidos, que possam contribuir com um olhar diferenciado para suas atividades diárias.

Grandes profissionais ou personalidades jurídicas costumam ter sites ou blogs, perfis ativos nas redes sociais ou, atém mesmo, podem colaborar com grandes veículos de comunicação. Não deixe de acompanhá-los!

É sempre bom estar por dentro das discussões que giram em torno do Direito e suas implicações nas rotinas dos escritórios de advocacia.

Observe o mercado

É necessário estar sempre atento às movimentações dos grandes escritórios de advocacia:

  • O que eles estão fazendo? Quem estão atendendo?
  • Eles estão expandindo suas unidades? Porquê?
  • Quais ferramentas ou métodos estão usando para serem mais produtivos?

O acompanhamento dessas informações vão te ajudar a garantir uma visão estratégica dos negócios e a implantar ações que contribuem para o seu crescimento profissional.

Além disso, com essas referências, você pode se preparar para atender à novas demandas do mercado, acompanhando de perto as mudanças do setor.

Estabeleça metas profissionais

Já ouviu falar que se você não sabe para onde quer ir, qualquer caminho serve? Essa frase é muito usada para ilustrar a importância de estabelecer metas para sua carreira.

Onde você quer chegar? Em quanto tempo e de que forma quer alcançar?

Responder essas perguntas vai te ajudar a estabelecer os meios para conseguir completar sua missão. Você pode definir metas de curto, médio e longo prazo na carreira.

Por exemplo: se o seu objetivo é construir carreira como um grande consultor do Direito da Tecnologia da Informação, você pode traçar seu plano de carreira dessa forma:

  • Após se formar, pode iniciar uma pós-graduação na área de Direito e Tecnologia, começando a trabalhar como um profissional júnior em um escritório do setor;
  • Depois, à médio prazo, você pode estudar estratégias para se destacar no mercado, construir uma boa rede de contatos e dar as suas primeiras consultorias;
  • Por fim, à longo prazo, você pode ir construindo seu portfólio, o que vai aumentar seu status profissional e garantir que você conquiste mais clientes para consultorias.

Com sua missão em mente e um planejamento estruturado em etapas, você conseguirá direcionar a sua carreira de forma a atingir seus objetivos.

Saiba improvisar

Você precisa ter em mente que, mesmo que o seu planejamento de carreira seja impecável, nem tudo vai sair do modo como você planejou. Por isso, é importante saber agir quando imprevistos acontecerem.

Com o passar do tempo, sua visão de mundo muda e pode ser que queira trocar sua área de atuação. Saiba que isso é completamente normal, principalmente quando se inicia cedo na profissão.

É natural que, em sua jornada, você desenvolva novas habilidades, crie novas expectativas e apareçam outras oportunidades.

Se isso acontecer, não se preocupe. Você apenas precisa se certificar de refazer o seu planejamento de carreira e não deixar apenas a vida te levar.

Como se preparar para ser um empreendedor jurídico?

Um aviso antes de iniciarmos a segunda parte do manual do jovem advogado: embora seu foco seja empreendedorismo, a primeira parte serve para você se desenvolver enquanto profissional.

Você, enquanto empreendedor, deve se dedicar mais que um advogado associado, pois a receita do escritório vai depender exclusivamente de você mesmo.

Por isso, caso queira se destacar no mercado, certifique-se que a sua carreira está bem encaminhada, pois, muitas vezes, é o nome do empreendedor que atrai clientes.

Agora que você já sabe a importância de também investir em sua carreira, confira as boas práticas para evitar problemas em seu escritório de advocacia.

Escolha da sociedade

O primeiro passo de empreendedor jurídico é se decidir se você terá um sócio ou se vai gerenciar o seu escritório sozinho.

A decisão de montar uma sociedade de advogados deve ser muito bem pensada, pois é preciso escolher uma pessoa que complemente suas habilidades e tenha afinidade com seus valores profissionais.

Escritórios de advocacia que possuem dois sócios, geralmente são compostos por dois perfis de gestão, como:

  • O sócio responsável pelas questões gerenciais e administrativas, como a aquisição de clientes, controle do fluxo de caixa e atendimento ao público;
  • E o sócio responsável pelas atividades jurídicas e controle operacional da equipe, mais preocupado com os prazos e elaboração de processos e ações.

É importante que um empreendimento jurídico tenha esses dois perfis de gestão, pois ambos os pontos são essenciais para o desenvolvimento do negócio.

Elabore um plano de negócios

Um escritório de advocacia não consegue crescer de modo sustentável se não tiver um plano de negócios estabelecido.

É preciso conhecer seu público e sua concorrência, além de saber quais serão as ações estabelecidas para chegar ao sucesso.

Confira os pontos a serem explorados no seu plano de negócios:

  • Criação da identidade do escritório;
  • Análise de mercado e da concorrência;
  • Controle e planejamento dos recursos financeiros;
  • Metas e objetivos;
  • Plano de ação.

Esse documento é muito importante, pois servirá como base para a consulta, antes de quaisquer tomadas de decisão.

Foco no cliente

Todas as ações do seu escritório de advocacia devem ser estruturadas para garantir a satisfação do cliente.

Para seu negócio se manter competitivo, é preciso ter um profissional dedicado exclusivamente ao atendimento, pois uma boa assistência garante a conquista de novos clientes pelo marketing boca a boca.

No que se refere a captação de novos clientes, seus colaboradores devem usar a internet e as redes sociais, de forma consistente e ética, para trazer mais receita para o seu escritório.

Assim, também é importante contratar um profissional de marketing e vendas, que tenha um método eficaz de prospecção de clientes para empreendimentos jurídicos.

Faça uma gestão assertiva

Um dos principais requisitos para o crescimento de negócios jurídicos é o foco na gestão assertiva do escritório de advocacia.

O gestor precisa saber estruturar processos internos, fluxos de trabalho e se esforçar para estabelecer uma rotina empresarial produtiva, facilitando ao máximo o trabalho da equipe.

A otimização de tempo e a economia de esforços devem ser preocupações constantes do empreendedor, pois, assim, a equipe passa menos tempo em questões operacionais e mais tempo pensando em como entregar soluções estratégicas para os clientes.

Por isso, procure implementar técnicas de gestão de tempo e produtividade no trabalho, para garantir a eficácia dos processos e o cumprimento de prazos processuais do sistema jurídico brasileiro.

Se apoie na tecnologia

Um dos maiores benefícios de ser um advogado iniciante é a capacidade de pensar em formas criativas e inovadoras de resolver tanto os problemas dos clientes quanto os desafios do escritório.

Isso significa que você vai ter facilidade com o manuseio de ferramentas digitais, que te ajudam a ter um controle mais assertivo sobre vários aspectos do seu negócio, além de ser mais produtivo.

Utilize sites, softwares jurídicos e aplicativos que auxiliam na resolução de problemas internos e externos do escritório, da mesma forma que ajudam no planejamento e no controle do negócio.

A tecnologia será uma de suas aliadas para atingir objetivos. Por isso, não deixe de usá-la à seu favor.

Trilhando o caminho do sucesso

Agora que chegamos ao final do manual do jovem advogado, esperamos que você tenha uma ideia mais clara de onde quer chegar profissionalmente ou sobre qual patamar você quer que seu escritório atinja.

Lembre-se que mudar de ideia após ter escolhido uma área de atuação é completamente normal se você é um advogado iniciante. Até porque experimentar diferentes áreas da carreira jurídica te oferece uma visão holística importante para o mercado.

Antes de planejar sua carreira ou seu negócio, pense bem se as decisões estão alinhadas aos seus valores e propósito de vida.

O autoconhecimento, unido ao planejamento e muita dedicação, é a fórmula perfeita para alcançar bons patamares, se destacar dentro do cenário jurídico brasileiro e trilhar um caminho de sucesso.

Não deixe de compartilhar esse artigo com seus colegas recém-formados, para que eles possam planejar uma carreira também. Aproveite que você já leu o manual e confira esse webinar sobre como ser um advogado empreendedor!

webinar-adv-empreendedor

 

(Software Jurídico)

Juntamos experiência e inovação. Somos mais do que uma plataforma de Gestão Jurídica, somos um hub de tecnologia. Acreditamos em uma advocacia orientada a dados.

0 I like it
0 I don't like it

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

três × três =