Marketing de conteúdo para advogados: como fugir do padrão?

marketing-juridico-alem-da-oab

Ao mesmo tempo em que se ouve falar bastante sobre marketing de conteúdo para advogados, sabe-se que de acordo com o Código de Ética e Disciplina da OAB e o Provimento 94/200, os advogados devem seguir algumas normas específicas em relação à publicidade.

Sendo assim, muitos profissionais ficam receosos com o conteúdo que devem postar nas redes sociais. Pois, segundo a norma, toda publicidade deve ser apenas informativa. Como então colocar em prática atividades de Marketing de Conteúdo para advogados sem ferir o Código de Ética?

Primeiramente, é preciso entender o conceito de Marketing de Conteúdo. Afinal, o que é essa atividade? Nada mais é do que uma estratégia para alcançar o seu público alvo através de conteúdos específicos que realmente sejam relevantes e entreguem algum valor.

Essa é uma ótima oportunidade para criar uma relação com seu público e se posicionar como referência no mercado e atrair seus futuros clientes. Mas para aproveitar a grande visibilidade das redes sociais para captação de clientes é preciso fugir do padrão.

Afinal, em meio a mais de 1 milhão de advogados, você precisa de um diferencial para se sobressair.
Sendo assim, acompanhe nossas dicas para se destacar utilizando estratégias éticas de marketing de conteúdo específicas para advogados e assim conquistar e fidelizar clientes.

Mas o que exatamente seria fugir do padrão?

Fugir do padrão no marketing é usar a criatividade para criar conteúdos que sejam diferentes dos produzidos pelos concorrentes. Logo, é necessário estar sempre antenado no mercado e nas novidades buscando informações pertinentes ao seu público e utilizando-as para criar uma conexão.

Então, não basta apenas repassar as informações, é necessário aproveitar os mais diversos canais para comunicar a sua mensagem com o maior número de futuros clientes possíveis.

Marcar presença na internet é indispensável para profissionais de advocacia. Isso porque é uma prática muito comum de quem precisa de serviços jurídicos, pesquisar sobre o assunto na internet e procurar por profissionais no mercado que consigam solucionar os seus problemas e atender suas demandas.

Nesse momento, o Marketing de Conteúdo entra em cena, pois durante essas pesquisas, o futuro cliente espera encontrar conteúdos que mostrem de forma prática e simples uma solução para seu problema. O formato e a linguagem utilizada também deve aproximar o leitor do advogado, gerando confiança.

Essa estratégia é baseada na teoria da identificação, na qual uma pessoa entra em contato com o advogado através do conteúdo que foi disponibilizado de forma on-line. A identificação com o conteúdo leva consequentemente a identificação com seu escritório ou marca pessoal.

Como o Marketing de Conteúdo para advogados deve ser aplicado?

Os resultados dessa estratégia são bastante positivos, já que basicamente, você fica posicionado como especialista em seu segmento de atuação, tendo visibilidade e mais contato com clientes em potencial.

Nesse caso, construir uma imagem como especialista, significa destacar as suas habilidades como advogado, atendendo e transformando a sua competência em uma experiência favorável.

Aproveite a sua expertise para esclarecer as dúvidas dos seus clientes com materiais ricos e informativos. E como isso deve ser feito, desde a estratégia até a divulgação? É o que explicamos logo abaixo!

Então, para se destacar no meio, uma boa estratégia é focar em produção intelectual, produzindo artigos, boletins informativos e compartilhando via e-mail ou até mesmo publicando vídeos mais detalhados sobre os temas, se esse for o seu perfil.

Ao criar um conteúdo de qualidade entra em cena o Inbound Marketing. Depois de consumir o seu material, o cliente irá atrás do advogado na qual ele acredita ser especialista no assunto. Nesse caso, a iniciativa parte do cliente e não do advogado, em uma comunicação menos agressiva e mais assertiva.

Como aplicar o Inbound Marketing na prática no escritório?

Depois de toda teoria é hora da ação! Nesse momento, confira nossas dicas para realizar ações de marketing de conteúdo passo a passo! Confira:

Planejamento de Marketing

O planejamento é a base de tudo e o primeiro passo que deve ser tomado. É necessário analisar e escolher quais os canais você irá divulgar seu trabalho e decidir como direcionar o seu conteúdo para os atuais e os futuros clientes.

Não existe um plano único para todas as empresas, cada uma possui suas peculiaridades de mercado que devem ser levadas em consideração.

Inúmeras empresas especializadas em Marketing Digital disponibilizam gratuitamente Planos de Marketing para que a estratégia seja montada de maneira fácil, rápida e eficaz, não deixe de conferir!

Linguagem correta

Preste atenção na forma como você se comunica. Lembre-se que o seu público não são os profissionais da área jurídica, por isso é importante evitar o famoso “juridiquês”!

Termos técnicos e difíceis de serem entendidos pelo público leigo não geram engajamento nem retorno. Dessa forma, procure facilitar o entendimento sem prejudicar a mensagem final, usando expressões e exemplos simples e do cotidiano comum.

A escolha do material

Com tantas opções, o profissional de advocacia pode ficar confuso sobre qual tipo de material ele deve produzir.

Por exemplo, se você prefere escrever textos e artigos, leve em consideração a sua especialidade na hora de escolher o tema do texto. Escreva sobre o que o seu leitor deseja ler em uma linguagem que seja de fácil entendimento para ele e no canal na qual ele está, como blog, LinkedIn, Facebook ou outros.

Produções de áudio e vídeo

As produções de áudio e vídeo estão em ascensão com seus ótimos resultados, sendo uma opção com bastante potencial o advogado que deseja criar conteúdos diferenciados.

Para quem consegue se expressar melhor em frente às câmeras, fazer vídeos informativos pode ser bastante vantajoso. Ou seja, os advogados que sabem falar com objetividade, esclarecendo as dúvidas que seu público quer saber saem na frente criando um conteúdo inovador e interessante!

Mas para quem tem vergonha de fazer vídeos, uma nova opção que está ganhando cada vez mais espaço são os podcasts. Grave um áudio sobre um tema e disponibilize em seu site, nas plataformas de streaming ou compartilhe com seus clientes via newsletter.

Quem não é visto não é lembrado

Por fim, uma dica essencial é a de compartilhar o seu conteúdo! Todos querem que a produção alcance o maior número de pessoas de seu público-alvo possíveis. Sendo assim, investir no trabalho de divulgação é muito importante.

Utilize as redes sociais e as plataformas especializadas de Direito e caso ache necessário, vale a pena investir em anúncios patrocinados. Entretanto, mesmo com a popularidade da internet, a maioria da população ainda desconhece seus direitos e não sabem como resolver seus problemas jurídicos.

Inovação que gera resultados

Entendeu como é possível inovar sem ferir o código de ética? Sabemos que o seu principal objetivo é informar e esclarecer assuntos pontuais para o público sempre de forma ética e sem fins comerciais.

Por isso, posicionar-se como referência na área sem achismos é um dos principais pontos a se atentar na hora da produção de conteúdo, não se esquecendo também de manter uma periodicidade. Afinal, com planejamento e estudo os resultados aparecem!

(Software Jurídico)

Juntamos experiência e inovação. Somos mais do que uma plataforma de Gestão Jurídica, somos um hub de tecnologia. Acreditamos em uma advocacia orientada a dados.

0 I like it
0 I don't like it

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

10 + dois =